Warning: file_put_contents() [function.file-put-contents]: Only 0 of 5381 bytes written, possibly out of free disk space in /home/guiadesa/public_html/libraries/joomla/filesystem/file.php on line 406
Senhor Bom Jesus de Matozinhos

Horários de Missa no Santuário:

- Terça a quinta, às 19h. Sextas-feiras, às 07h, 15h e 19h. Domingos, às 08h, 9h30 e 19h.

 

A primeira capela para devoção do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, em São João del Rei, foi fundada em 19 de maio de 1774. O templo passou, então, a abrigar a imagem do padroeiro que, segundo a tradição, seria proveniente de Portugal, fato ainda não comprovado, e a receber fiéis para celebrações religiosas. O culto ao padroeiro na região ainda conhecida como Vargem do Porto Real, entretanto, já se expandia anos antes. É o que comprovam “ex-votos” oferecidos em função de graças alcançadas, datados de 1750 e cujas réplicas estão expostas ainda hoje no santuário.

Somente quase dois séculos após a construção da primeira capela, em 25 de outubro de 1959, é que foi criada a Paróquia do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, através de decreto assinado por dom Oscar de Oliveira, então arcebispo de Mariana, Arquidiocese à qual pertencia SJDR. Sua instalação data de 1º de janeiro de 1960.

A influência da construção da igreja e da instalação da Paróquia foi tamanha que sua localização passou a ser conhecida como Matosinhos, nome que atualmente designa o bairro no qual se encontra.

Em 14 de setembro de 2003, a matriz foi elevada à categoria de santuário diocesano pelo bispo da Diocese de SJDR, dom Waldemar Chaves de Araújo, por constituir um local especial de encontro com a Palavra de Deus e de peregrinações.

Desde sua criação, quatro párocos estiveram à frente da Paróquia. Dentre eles, recebe destaque a contribuição deixada por seu primeiro pároco, cônego Jacinto Lovato Filho, que durante 26 anos realizou importantes trabalhos. Vislumbrando a expansão do número de frequentadores da matriz, o cônego foi o responsável pelas ações que culminaram na demolição da antiga igreja e na construção do atual templo. Ele ainda foi um dos grandes incentivadores da devoção ao Senhor Bom Jesus.

Atualmente são contabilizadas 19 comunidades, sendo uma rural; 17 pastorais e 16 movimentos eclesiais. Fazem parte da Paróquia, além do santuário, a igreja filial de Santa Terezinha, do Menino Jesus de Praga e a Igreja de Santo Antônio do Carvoeiro, na zona rural.

Dentre as festas tradicionais, destacam-se o Jubileu do Divino Espírito Santo, realizado nos dias que antecedem a festa de Pentecostes, e o Jubileu do padroeiro, que acontece de 05 a 14 de setembro.

 

Um trabalho que evangeliza e faz crescer

 Assistência social, promoção humana e transformação social: este é o tripé da Pastoral Social da Paróquia do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, que atende grande número de pessoas, sobretudo as mais carentes da comunidade, através de projetos como a “Sopa Bom Jesus”, “Cooperativa dos Pobres”, “Clube de Mães”, “Banda Sinfônica do Santuário”, “Curso Pré-Vestibular”, “Livraria Paroquial” e de parceria com empresa local para curso de informática.

Hoje estão á frente da Paróquia o pároco Pe José Bittar e o vigário paroquial pe. Rondineli Cristino. Foi o antigo pároco, pe. José Raimundo da Costa, que deu inícios aos trabalhos de comunicação na paróquia como forma evangelizadora. O uso de tais mecanismos acabou tornando-se uma das peculiaridades da Paróquia do Senhor Bom Jesus de Matosinhos. Atualmente, há uma equipe paroquial de Comunicação, formada por voluntários da Pastoral da Comunicação (Pascom) e por jornalistas profissionais.

Diariamente, são produzidos e transmitidos programas de rádio que levam aos ouvintes de SJDR e região palavras de amor, de fé, além de informações sobre Igreja e de prestação de serviço. A Paróquia possui um programa de televisão, produzido e veiculado semanalmente pela equipe da Pastoral de Comunicação Social. A televisão ainda transmite, ao vivo do santuário, a missa realizada aos domingos, às 8 horas. E o site de notícias que pretende levar aos fiéis informações sobre os acontecimentos da Paróquia e sobre a devoção ao Senhor Bom Jesus de Matosinhos, além de servir também como espaço para pedido de orações e manifestações de fé.

 

Fonte: www.diocesedesaojoaodelrei.com